São Paulo Babyfriendly: fraldários acessíveis para todxs!


Postado por: Luísa Alves - 14. abr 2016

baby-19261_1920

Dando seguimento ao nosso manifesto baby friendly, fomos pesquisar por locais que já oferecem fraldário – um componente imprescindível para a acessibilidade das famílias com bebês – nos estabelecimentos de São Paulo. Lembrando aqui que muitos outros fatores somam o sucesso de um local baby friendly, como a segurança para circular, por exemplo, as isso é um papo para outro post. Depois de muito pesquisar e pedir ajuda de mães e pais que circulam pela cidade, fizemos nossa lista de lojas, restaurantes, espaços culturais e museus.

O projeto de lei para que o espaço seja obrigatório e acessível a todxs ainda tramita na Câmara Federal. Trata-se da Lei 2216/15, do deputado Marcelo Belinati (PP-PR), que estabelece a exigência de fraldário acessível em edifícios, públicos ou privados, onde circulem mais de 500 pessoas diariamente, o que incluiria rodoviárias, shoppings e hospitais, por exemplo. O equipamento deverá ser apto para uso de idoso, pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida. Bom, enquanto isso não vira uma regra, a gente vai destacando o êxito das exceções, ok?

MASP – no segundo subsolo, o banheiro para pessoas com deficiência possui fraldário que pode ser acessado tanto por pessoas do sexo masculino quanto feminino.

Museu do Catavento – O local, que recebe um grande número de crianças diariamente, atento à preocupação com a acessibilidade dos pais ao fraldário, instalou seis trocadores para bebês nos banheiros masculinos. Eles estão distribuídos nos espaços do museu.

Pinacoteca – Pais podem visitar o museu de artes visuais desencanados com a troca de fraldas. O museu já instalou fraldários nos banheiros masculinos.

Estação Pinacoteca – O edifício do Largo General Osório, totalmente reformado pelo arquiteto Haron Cohen, possui também fraldário no banheiro dos homens.

Museu da Imagem e do Som – Curtir as exposições mais bombantes da cidade com os bebês e ter acesso ao fraldário no banheiro masculino é ouro!

Casa das Rosas – Lugar de pais apreciadores de cultura é na Casa das Rosas. Ponto pra Casa, que instalou também o fraldário no banheiro deles.

CCBB – O prédio é seguro de circular para bebês andantes. Mas há obras baixas, que não se pode tocar, então é preciso ter cuidados, pensando nas crianças pequenas. Pode-se transitar com carrinho e há elevadores para acesso a todos os andares. Fraldário no mesanino, um andar acima da chapelaria, então se o bebê sujou a fralda durante a visita, é descer até o térreo, pegar a reserva na mochila e subir até o banheiro, que fica em área neutra para acesso de pais e mães. No cafê não há cadeirão.

Museu da Casa Brasileira – O prédio é lindo. As exposições tão bonitas quanto. E a proposta das atividades mensais para crianças pede mesmo fraldário no banheiro masculino. Temos!

Itaú Cultural – O espaço cultural tem um fraldário lindo disponível às famílias. Além de fraldas, microondas para aquecer o papá e poltrona para a naninha gostosa.

Biblioteca Villa-Lobos – O local que tem programações especiais para os bebês não poderia ficar de fora da acessibilidade aos fraldários, né? <3

Lojas Leroy Merlin – Isso não é publicidade, ta? O fato é que ir a uma loja sem se preocupar onde vai trocar o bebês se a fralda encher faz toda a diferença. Assim os papais podem comprar com mais tranquilidade. Ah, se todas os estabelecimentos fossem assim!

Restaurante Mocotó – Mais um ambiente preocupado com o acesso das famílias com bebês! Fraldário no banheiro masculino, inclusive com fraldas disponíveis. Além disso, a cadeirinha para encaixe nas mesas do restaurante é ótima!

Restaurante Tian – Atendimento muito carinhoso para famílias com crianças. Espaço de brincar nos finais de semana, cadeirão e fraldário.

JazzB – Local que oferece mensalmente o evento Jazz BB, recebendo famílias com crianças  bebês de forma melhor acomodada, como cadeirões e EVA, tem fraldário entre os banheiros masculino e feminino.

Habbib’s – Soubemos que algumas lojas possuem fraldário nos banheiros acessíveis para pessoas com deficiência, o que permite que pais também possam trocar seus filhos.

Parque da Àgua Branca – Depois da reforma, os banheiros masculinos próximos ao parquinho infantil, têm estruturas de banheiro infantil também.

SESCs – Destacamos aqui algumas sedes fraldário no banheiro masculino: Pinheiros, Pompéia e Belenzinho. Ainda não tivemos informação se todas sedes instalaram tal acessibilidade.

Quer destacar algum local que já disponibiliza fraldário acessível para todxs? Contamos com sua colaboração neste mapeamento! Informe a gente sobre os estabelecimentos que conhece através dos comentário aqui embaixo do texto ou mesmo através do e-mail contato@guiaforadacasinha.com.br. Queremos mapear esse locais para incentivar famílias com bebês a saírem às ruas sem receio e donxs de estabelecimento a possibilitarem o acesso das famílias de fato! 

Imagens: Pixabay


Leia também


Sobre Luísa Alves

Gaúcha que ama São Paulo e mora a cerca de 4 anos na capital. É mãe da Aurora e trabalha, além da maternidade, com mídias sociais.